Promotor denuncia A.M. da S. Rodrigues por envolvimento em corrupção e pede afastamento do Prefeito de Coari

Amazonas – O Ministério Público do Estado já pediu o afastamento imediato pelo prazo de 180 dias, de Adail Pinheiro, prefeito do município de Coari e Keiton Wyllysson Pinheiro Batista Presidente da Câmara Municipal.

O pedido foi feito após a realização de vários acordos extrajudiciais milionários firmados pela Prefeitura Municipal que não seguiam a ordem de pagamento dos credores do município e eram feitos sem autorização legislativa.

Além disso, a Prefeitura doou um imóvel de 12.000 metros quadrados à empresa privada A.M. da S. Rodrigues & Cia Ldta, cujo sócios, doaram R$ 110 mil á campanha eleitoral de 2016 do prefeito Adail.