Professores de Rio Preto da Eva se unem em ato contra secretário Luiz Castro

Rio Preto da Eva- A greve geral dos professores do Estado do Amazonas não acontece apenas em Manaus, muitos educadores do interior se uniram em passeatas e manifestações solicitando melhores condições para a categoria, e em Rio Preto da Eva não foi diferente. Muitos profissionais da educação criticaram duramente o atual titular da SEDUC (Secretaria de Estado de Educação e Qualidade de Ensino), Luiz Castro (REDE).

A proposta de reajuste exigida pela categoria é de 15%, porém o governo pretende entregar apenas 3%. Muitos alunos e pais do município abraçaram a causa e foram às ruas em um ato pacífico pelas ruas da terra da laranja.