No Amazonas, três vereadores de Coari são denunciados por corrupção e podem ter mandatos cassados

Amazonas – Nesta terça-feira, 20, a Câmara Municipal de Coari afastou pelo prazo de 90 dias o vereadores Samuel Castro (PSL), Ademoque Filho (PSDC) e Ewerton Medeiros (DEM), até que seja  analisado o processo de cassação dos respectivos mandatos.

De acordo com nota divulgada no site da casa legislativa, assinada pelo presidente da Câmara e primo do prefeito Adail Filho (PP), Keitton Pinheiro (PTB), houve denúncias de que os parlamentares estariam oferecendo vantagens indevidas a funcionários públicos “com o intuito de que estes informassem aos vereadores eventuais condutas ilegais ocorridas na atual administração, sendo entregues ao promotor de justiça Weslei Machado para que este ajuizasse ações objetivando o afastamento do prefeito de Coari, Adail Filho, de seu mandato”.

Os vereadores são acusados de crime de corrupção ativa, improbidade administrativa e quebra de decoro parlamentar.